quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007

Liberdade de Expressão

Ultimamente o blog tem sido "presenteado" com comentários descontextualizados, querendo associar a imagem do blog e de certa maneira do clube com a política.
Já falei que se querem falar de política, têm que "bater na porta" ao lado.
É certo que o clube sempre foi gerido de uma certa forma ao sabor de alguma política, mas como administrador deste blog só pretendo uma coisa com este espaço, que é o de tentar informar, divulgar e discutir sobre a vida e a história do Futebol Clube de Famalicão, pelo que todos os comentários deverão estar inseridos neste contexto, e não no de fazer campanha contra quem quer que seja.
Se há queixas contra a direcção do clube, apresentem-nas directamente a quem de direito ou então nas assembleias do clube.
Se não gostam do presidente do clube não foi nem o blog, nem a minha pessoa quem o lá pôs, mas sim os sócios que estiveram na assembleia-geral em que o mesmo foi eleito/aceite.
Face aos últimos comentários aqui produzidos, e que foram eliminados, tomei a decisão de moderar todos os comentários, não numa espécie de censura mas sim numa lógica de tentar impor uma certa ordem e respeito no blog, que espero que seja aceite e compreendida por quem visita e comenta neste espaço.
É de lamentar que se tenha de tomar esta atitude, mas estava-se a entrar num campo que não é o que se pretende deste espaço.
Por fim e para quem achar estar contra esta medida deixo aqui uma frase que está muito na moda usar-se e que é a seguinte:
A minha liberdade termina onde a tua começa.

2 comentários:

o adepto 1313 disse...

Não posso estar mais de acordo.
Este blogue que sirva para falar de futebol unicamente.
Eu gostava de saber desde quando é que os treinos do meu clube se fazem no salão nobre da Câmara? É que foi o presidente FCF que levou os atletas para lá segundo o Povo famalicense.

Paulo Nogueira disse...

Tem razão no que diz, mas mais uma vez peço para que não falem de polítiquices aqui.
As razões porque o presidente do FC Famalicão levou o plantel a uma reunião de câmara, só ele sabe, por isso não me perguntei aquilo que eu não sei responder.